O perdão que Deus nos dá



                           O perdão que Deus dá é completo. O homem perdoado por Deus é trazido à condição de não ter nenhuma condenação mais (Rom 8:1), ele é libertado da lei do pecado e da morte (Rom 8:2). Judicialmente o homem é justificado diante de Deus, não tendo nada pesando contra ele mais (Rom 5:1).

 
 Posicionalmente o homem perdoado é feito um filho de Deus e co-herdeiro com Cristo (Rom 8:17) e, agora, com todas as bênçãos espirituais (amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança – Gal 5:22) nos lugares celestiais (nos céus onde o Pai e o Salvador estão) em Cristo (Efés 1:3).
O perdão dado por Deus transforma o que é maldito em:

resgatado da [sua] vã maneira de viver (I Pedro 1:18,19)
santo (I Pedro 1:15)
lavado (João 15:3)
salvo da ira (Rom 5:9);
agradável a Deus (Efés 1:6)
reconciliado com Deus (Rom 5:10)
amado e atraído (Jer 31:3)
perto (Efésios 2:13)
concidadãos dos santos, e da família de Deus (Efés 2:19; Heb 8:10)

Deus perdoa todas as iniqüidades e sara as enfermidades do homem graças ao Seu muito amor para com esse (Sal 103:3). Assim como está longe o oriente do ocidente (Sal 103:12), os pecados que antes faziam separação entre Deus e o homem agora estão longe do onipresente Deus, o que se deve ao perdão dado pelo Deus onipotente. Os pecados dos homens perdoados são agora lançados atrás das costas do Senhor (Isa 38:17) e, o onisciente Deus jamais lembrará de seus pecados e das suas iniqüidades (Heb 10:17).
Se o eterno e santo Deus pode perdoar com tamanha grandeza os homens que somente merecem a condenação eterna, quanto mais nós, homens pecadores, devemos perdão completo aos outros homens pecadores. 

4 comentários:

  1. Linda mensagem, Deus nos abençoe...

    ResponderExcluir
  2. Que linda lição, uma verdadeira doutrina sobre o perdão. Parabéns,
    só nos resta por em prática. Bjsss

    ResponderExcluir

Deixe seu recadinho